activa moda beleza famosos filhos sa�de sexo


Procura avançada
Reuniões d'A Maleta Vermelha - Muito mais que Tuppersex! Brinquedos eróticos, cosmética erótica. Criada por mulheres e para mulheres!

Secção Interactiva

Consultório de sexualidade

SEXÓLOGA | Maria Lopes

A nosso sexóloga irá esclarecer todas as suas dúvidas com a máxima descrição.
Olá, tenho um problema. Não tenho apetite sexual, e não apenas com o meu companheiro… raramente me apetece! Não me apetece, já não “aqueço”. Já percebi que a culpa não é dele, porque custa-me excitar com qualquer coisa. Não sei que fazer, a verdade é que estou um pouco desesperada! Obrigada! malete-25
Na verdade é um pouco estranho, o que me conta. Mas, parece-me que não está a conseguir racionalizar a questão… estou a senti-la um pouco desesperada e muito negativa e, toda a situação, pode tornar-se numa “pescadinha de rabo na boca”! Se, por um lado a outra pessoa não tem nada haver com a situação, não posso deixar de perguntar: Como está a sua relação? Ainda sente as “borboletas”?… se é que me entende! Está a tomar contraceptivos? Mudou à pouco tempo? A partir destas respostas, pode fazer uma auto analise… mas cuidado, o nosso nível hormonal altera e, nem sempre, estamos em alta! Pode ser que esteja a passar por uma fase mais negativa E, aconselho vivamente que se obrigue a ter relações! Pratique petting, ou seja, relações sem sexo (beijos, carícias, masturbação, olhe-o e deixe-o vê-la) porque assim, consegue encontrar a oxítona, tornando-a mais empática com o momento. De todas as formas, não se esgote porque o cansaço não é um bom conselheiro. Vamos ver o que acontece com o Verão, com o calor, a água, o toque… Deveria falar com o seu companheiro, para que se sinta mais compreendida. Há algo no seu íntimo que não avdeixa voar e soltar-se nesta parte tão importante da sua intimidade. Ânimo e contacte-me.
Olá, estou grávida de dois meses e gostaria de utilizar as bolas chinesas para treinar a musculatura pélvica para o parto. Até que mês de gestação posso utilizá-las? Obrigada. Marian-38
Olá Marian, muitos parabéns! Partindo do principio que a gravidez não é de risco, não haverá problema na utilização das bolas chinesas. Mas, pode sempre realizar os exercícios sem a utilização das bolas, nestas alturas, para se curar em saúde. Por outro lado, deverá conversar com a sua ginecologista, já que “a doutrina diverge” nestes casos consoante o médico e são eles que a acompanharam na gravidez. Ah… algo MUITO IMPORTANTE: depois do parto deverá guardar um período de repouso entre dois a três meses antes de usar as bolas, para que o solo pélvico recupere. Espero ter ajudado.
Boas, Mari Carmen. Estou a tentar engravidar. Gostaria de saber se o uso das bolas chinesas podem provocar algum problema. Obrigada Labe-30
Olá Labe, em princípio não deverá causar nenhum problema, uma vez que a nidação é feita no útero e os exercícios são realizados na vagina.O exercício que executa estam a fortalecer o solo pélvico, mas não abuse na sua utilização e execute sempre uma higiene cuidada.Pergunte à sua ginecologista, ela pode sempre apoiar.
Olá Carmen. Acho que mesmo com a idade que tenho, nunca tive um orgasmo. É normal, se tivermos um orgasmo, ejacularmos, certo? Sempre tive esta dúvida porque sempre pensei que me urinava e não que ejaculava. E isto acontecia-me sempre no final e não durante o momento da acção. Era contínuo, não rápido... Obrigado pela resposta. Mery-24
Olá Mery. Há várias questões que vou tentar clarificar, uma vez que colocou a sua pergunta de forma um pouco confusa. Quando temos um orgasmo podemos ejacular ou não, nem sempre acontece. A ejaculação feminina é algo que não acontece habitualmente e não é fácil de conseguir. Será normal acontecer em pequena escala, para que seja lubrificada, mas não de forma contínua, como se fosse urina. Além de que a urina sai por outro sitio. É verdade que no momento pode ter vontade de urinar, mas caso isso acontecesse iria de certeza notar que era urina. Também por vezes pode acontecer que, no final da acção, quando se atinge o orgasmo, possa escapar alguma urina… mas se, como diz, acredita que nunca teve um orgasmo, é possível que o problema esteja no controlo do esfíncter urinário. Talvez, neste último caso, seja preciso um contacto mais pessoal para poder desabafar se o problema for originado pelo facto de não conseguir controlar a vontade de urinar. E posso dizer-lhe que os orgasmos são todos diferentes, tal como as pessoas são diferentes, mas são também muito bons e que tem de sentir se passar por eles. Um abraço.
Olá Maria. Queria saber como devo usar as bolas chinesas, que tipos existem e como podemos usá-las para sentir mais prazer. Muito obrigado. Danone-42
Olá Danone. Quando tiver algum tempo livre recomendo-lhe que leia as perguntas existentes no consultório, uma vez que existem umas quantas perguntas relacionadas com este tema. Existem bolas de diferentes formas e tamanhos, com pesos diferentes, para que o exercício seja aplicado de forma mais intensa, ou mais suave. O primeiro passo a dar é colocá-las durante a primeira semana em períodos de 10 m e ir aumentando, para que o nosso corpo se acostume à sua utilização. Para obter mais prazer… bom isso irá adquirido com o tempo, e com o exercício. Ah! E não vale a pena ficar obcecada e usá-las mais de 40 m. (e isto quando já estiver habituada e treinada). As bolas têm no seu interior uma bolita que serve de contrapeso. Quando as utilizamos para ir caminhar com elas, estas, através do seu movimento, fazem uma micro massagem nas paredes vaginais, fortalecendo-as e fazendo com que ganhem uma maior sensibilidade. Por isso, quando tiver relações irá notar uma maior sensibilidade (mais prazer). Também podem ser usadas umas três vezes por semana, nunca mais de 15 a 20m., Para realizar os exercícios de Kegel recomendo-lhe as bolas da Lis, uma vez que são ergonómicas e adaptam-se com maior facilidade à nossa vagina. Cumprimentos.
A minha parceira e eu temos relações sexuais há cerca de 3 anos. A minha pergunta tem a ver com o facto de ser sempre eu a ter a iniciativa e nunca ela. Parece que gosta bastante e que desfruta durante as relações e ela até o diz sem problemas, mas não tem a iniciativa e por isso não o fazemos com frequência porque tenho de estar sempre eu por cima... Gostava de saber porque razão isto acontece. Na verdade também não é muito carinhosa. Não sei se isso terá influência. Obrigado. Pedro- 21
Olá Pedro. Nem todas as pessoas demonstram os sentimentos da mesma forma, e por sorte ou não, por vezes temos a sensação de que a pessoa que partilha a nossa vida, não age como nós gostaríamos. E por isso acabam por surgir as desavenças, frustrações, e por vezes depressões. Se, como é o seu caso, ela não é carinhosa, e muito menos tem demonstrações de afecto, é normal que essa situação dê origem ao facto de ela não tomar a iniciativa. O que é certo é que não se pode mudar as pessoas, mas podemos mudar comportamentos, e para isso nada melhor que dialogar. Como afirma que ela está contente e desfruta dos vossos encontros sexuais… como não toma a iniciativa, o que pode fazer é continuar você a tomá-la, de vez em quando, ou sempre que lhe apeteça, e no dia em que ela não tiver vontade de certeza que lhe irá dizer.
<<  Páginas 5 de 16  >>